segunda-feira, 13 de julho de 2015

12 meses/12 livros

Quase esqueci de postar sobre minha meta de leitura, mas ainda está em tempo.
O livro 6, foi um livro de crônicas, da Martha Medeiros (que eu amoooo): "A graça da coisa". 
Eu gosto muito das crônicas da Martha, porque são leves, ela escreve sobre o cotidiano mesmo, coisas normais, que podem acontecer com qualquer um de nós.
SINOPSE:
Passar pela vida à toa é um desperdício imperdoável. Que o mundo está uma doidice sem tamanho não é preciso dizer. Que estamos cada vez trabalhando mais, ficando mais tempo no celular e no trânsito, nem se fala. Então como sobreviver, ou melhor, como viver em meio a este caos que se transformou a nossa vida? Para Martha Medeiros, a grande questão é se desapegar daquilo que é desnecessário, que nos faz mal, que nos atrasa, e enxergar a graça da coisa - sendo a 'coisa', no caso, a própria vida. É deixar ideias pré-concebidas de lado, saber rir de si mesmo, se reinventar; estar aberto para encontrar o amor onde menos se espera, é transformar a ansiedade em sabedoria, é saber ouvir, é um conjunto de pequenas atitudes que, se colocadas em prática, vão nos ajudar a levar uma vida mais desestressada e, de quebra, nos surpreender. Reverenciando a tradição da crônica brasileira, Martha Medeiros fala cara a cara com o leitor, mostrando que não estamos sozinhos nas nossas neuroses diárias. Esta coletânea de oitenta textos que abordam os temas mais caros à autora - o amor, o cinema, os relacionamentos, as relações familiares, entre muitos outros - traz, sem dúvida, alguns dos assuntos sobre os quais mais nos indagamos hoje em dia - um prato cheio para o autoconhecimento.


Pra quem quiser, ler, eu super indico, e todos os livros da Martha são ótimos. Vale a pena a leitura.

Bjinhos.