quarta-feira, 29 de maio de 2013

Tendência: Nail Bar

Oi genteeeee (proncunciado com "eee" mesmo, e não "Gentiiii").
Hoje vou falar do "Nail Bar", uma tendência que anda se espalhando pelas grandes cidades desse mundão de meudeus.
Tudo começou na Europa e nos EUA, e nada mais é do que uma versão mais intíma dos salões de beleza, é um espaço dedicado somente as nossas unhas. Sem barulho de secador de cabelo, sem cabelos espalhados pelo chão, sem cheiro de produtos fortes.
A idéia, é de um lugar onde o foco, sejam os esmaltes. um lugar onde as mulheres sejam tratadas como divas, tomando uns bons drinks, e conversando com "azamigas".
No cardápio, além das bebidas e das guloseimas, as mulheres também podem escolher entre Francezinhas, Inglezinhas, Petis Pois, Plush Nails, Ombré Nails, Caviar Nails, Degradê, Filha Única ou esmaltação tradicional.
O espaço foi pensado exatamente como um bar, com as bancadas mais altas e banquetas, pois trazem conforto e descontração ao ambiente.



E ai mulherada, vai dizer que não deu vontade de ir também? Pena que por enquanto, a febre dos Nail Bar não tomou conta da nossa região aqui...

Beijos, ótima quarta feira.



sexta-feira, 24 de maio de 2013

24 de Maio - Dia Nacional do Café

Olá pessoas lindas!

Hoje é dia Nacional do café...e não vou ficar escrevendo e escrevendo...
Hoje vai ser um post de imagens, porque o meu amor pelo café, não pode ser expressado através de palavras. 



Sem mais,

Vou tomar um café :D

Bjos.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Então vamos brincar né...




Oi pessoal...
Hoje é dia de brincar.
A brincadeira, é lá do blog da Thai, quem quiser ver...passa lá no Peripécias, e confere.
O objetivo, é riscar os itens que já fizemos um dia, e quem quiser comentar ao lado, pra ficar mais legal né...fica a vontade. Eu vou tentar...
01. Pagar bebida pros seus amigos. (Adoro beber com os amigos, seja cerveja, caipirinha, chopp)
02. Pegar num tubarão.
03. Dizer “eu te amo” sentindo amor de verdade. (A-T...gostaria de dizer aos meus pais ainda)
04. Abraçar uma árvore.
05. Achar que vai morrer. (algumas vezes...de arrependimento)
06. Ficar acordado a noite inteira e ver o nascer do sol.
07. Não dormir por 24hrs.  (Há muito tempo atrás, quando eu ia pra balada, kkkk)
08. Cultivar e comer os teus próprios vegetais. (Adorava ajudar meus pais, na horta...e comer os alfaces)
09. Dormir sob as estrelas.
10. Mudar a fralda de uma criança. (do meu primo Everton...que já é um adolescente maior que eu, hoje em dia,kkkk)
11. Ver uma estrela cadente. (algumas vezes já...)
12. Ficar embriagado. (a ultima vez, foi ano passado, no Arraiá da Praia do Coco)
13. Doar coisas pra caridade. (normalmente faço)
14. Olhar para o céu e achar o cruzeiro do sul.
15. Ter um ataque de riso na pior altura possível. (isso é praticamente um hábito)
16. Fazer uma luta de comida.
17. Apostar e perder. (Perdi uma caixinha de cerveja pra Thai)
18. Convidar um estranho para sair.
19. Fazer guerrinha de papel. (no tempo da escola...há muitos anos atras...kkkk, que velha)
20. Gritar o mais alto que puder. (Já fiz mas nao me lembro)
20. Pegar num cordeiro.
21. Andar de montanha russa. (andei e quase sai de cadeiras de rodas, kkkk)
22. Dançar como um louco e não se preocupar se estão olhando. (isso é normal tbm, adoro dançar, sem me importar com os outros)
23. Falar com sotaque por um dia inteiro.
24. Estar mesmo feliz com a tua vida.  (nesse momento, me sinto assim...me sentirei ainda mais, com meus pais por perto)
25. Ter dois hard drives para o computador.
26. Conhecer o teu país.
27. Cuidar de alguém embriagado.
28. Ter amigos fantásticos. (tenho poucos, mas...preciosos)
29. Dançar com um estranho.
30. Roubar uma placa/sinal de trânsito.
31. Fazer um passeio de noite na praia. (em Itajuba - SC)
32. Ficar de coração partido mais tempo do que se esteve realmente apaixonado.
33. Sentar na mesa de um estranho num restaurante e comer com ele.
34. Imitar uma vaca. (bastante vezes...kkkk)
35. Fingir que se é um super-herói.
36. Cantar karaokê.
37. Mergulhar.
38. Beijar na chuva.
39. Brincar na lama. (fez parte da minha infancia no sitio)
40. Brincar na chuva. (tbm fez parte da minha infancia)
41. Apaixonar-se e não ficar de coração partido.
42. Visitar locais ancestrais.
43. Fazer uma arte marcial.
44. Entrar num filme.
45. Ser penetra numa festa
46. Ficar sem comer 5 dias.
47. Fazer um bolo sozinho. (faço quase sempre...sempre que tenho tempo)
48. Fazer uma tatuagem.
49. Receber flores sem razão. (Adooooroooo)
50. Representar num palco.
51. Gravar música.
52. Ter um caso de uma noite.
53. Guardar um segredo. (é...as vezes nem é bom)
54. Cantar bem alto no carro e não parar quando perceber que tem gente olhando. (adoro cantar, kkkk)
55. Sobreviver a uma doença em que se podia ter morrido.
56. Perder dinheiro. (ja perdi, 50,00 do meu bolso...que raiva!)
57. Cuidar de alguém com dor de cotovelo.
58. Fazer uma festa legal.
59. Partir o coração de alguém. (infelizmente ja decepcionei...)
50. Fazer um piercing.
51. Andar a cavalo. (quando era muito pequena, e odeiei)
52. Fazer uma grande cirurgia.
53. Comer sushi. (na ksa da lindona da Soraya Montanari)
54. Ter uma foto sua num jornal. (não eh bem um jornal...numa revistinha)
55. Mudar a opinião de alguém sobre alguma coisa em que acreditas profundamente.
56. Fazer de um inseto um animal de estimação.
57. Selecionar um autor importante que não trabalhou na escola e lê-lo.
58. Comunicar com uma pessoa sem partilharem uma língua comum. (já fiz isso...nao por prazer, mas por obrigação, na Suiça)
59. Escrever a sua própria linguagem no computador.
60. Pensar que está vivendo um sonho.  (Já passei por isso, quando cheguei em Toledo)
61. Pintar o cabelo  (Adorava pintar, de cor de Chocolate)
62. Salvar a vida de alguém


Então é isso gente, espero que tenham gostado.
Bjo...

Chás...

Oi pessoas.
Vou falar de uma bebida que eu não costumava tomar muito, mas de uns tempos pra cá, faz parte dos meus dias.
Um chá no meio da tarde...um chá antes de dormir...ainda mais nesse clima mais friozinho, que eu amoooo, combina super bem.
Eu adorava, quando nos sábados a tarde, que era o único dia, que minha mãe tinha de folga, ela comprava uns pãezinhos frescos, uma cuca, as vezes uma simples bolachinha de água e sal...e tomávamos um chá. E 
era um chá delicioso. O chá era o básico, o Mate Leão, que todo mundo já tomou um dia, mas talvez a maneira que ela preparava, fazia toda a diferença.
Agora eu compro sabores diferentes, e to gostando muito de um chá, chamado Doce Manhã, da Dr. Oetker. Esse eu tenho tomado quase todos os dias aqui no trabalho.

Além deste, comprei também o de Cidreira com Mel e Limão e também o de Melissa com Flor de Laranjeira.


Parei pra pensar...antigamente o chá era usado somente como remédio, "Toma um chá de boldo, pro estômago"..."Toma um chá de melissa, pra acalmar"...e por ai vai, mas hoje em dia, o chá já se tornou uma bebida polular, assim como o café. Não tanto assim né...mas...tem quem goste ou até substitua o café por um chá.
Existem vários chás que fazem bem pra saúde, mas se eu fosse especificar cada um deles aqui...o post iria ficar enorme. Como não sou especialista, nem nada...falo do que entendo, que é tomar um chá bem quentinho e saboroso.
Pra complementar o ritual do chá, kkkkkkk...temos algumas canecas aqui no escritório, todas elas, foram presentes. Presente meu pra Thai, da Thai pra mim, presente meu pro Adriano, presente da minha mãe pra mim...e assim vai indo.
Espero que tenham gostado. Quem aceita um chá?

terça-feira, 21 de maio de 2013

Pudim de Maria Mole

Oi genteeeee...
Hoje vou postar aqui uma receitinha, superhipermegaultra fácil!
Aprendi com a minha mãe.
Vamos lá, anotem ai:

Pudim de Maria Mole:

2 pacotinhos de maria mole, (sabor de sua preferência) minha mãe usou Coco
2 latas de leite condensado
2 latas (use a lata de leite condensado, como medida) de água fervente
Açucar para caramelizar o fundo da forma de pudim.

Coloque o açucar, aproximadamente, 4 colheres (generosas) na forma de pudim, leve para caramelizar,
Bata a maria mole, o leite condensado e a agua no liquidificador, despeje sobre o caramelo, e leve para o freezer, de preferência de um dia para o outro. Se não resistir, 12 horas já vai dar um resultado bem legal.
Retire do freezer, passe uma faca nas laterais da forma...e desenforme.
Não sei se com vocês vai dar certo...mas o pudim que a minha mãe fez, saiu certinho da forma, kkkkk.
Olhem só o resultado: 

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Comfort Food

Cheirinho do alho, bacon fritando, aquele feijãozinho com tempero de mãe, uma carne saborosa, uma polenta cremosa que lembra a avó...
Comidas que nos trazem bons sentimentos, lembranças únicas...são chamadas de Comfort Food.
E cada um tem alguma comida, alguma receita em especial que traga uma lembrança boa...uma comida que alimenta a alma.
Sopinha de feijão, arroz com bastante alho, bife com batata frita, salada de tomate com cebola, frango assado com farofa...eu tenho uma infinidade de lembranças, comidas que matam minha fome emocional.
Tem momentos, as vezes estressantes, que digo: "Ai como eu queria comer uma comida bem gostosa, quentinha, dessas que aquecem o coração"...porque parece que quando a gente fica nervosa, preocupada, anciosa com alguma coisa, a gente precisa se alimentar de forma que não só o nosso corpo fique alimentado, mas também, nosso coração.
E pra mim, comer, é um prazer enorme.
Tenho aqui, alguns exemplos de Comfort Food:
Café Trufado - By Jeff Arruda, em SBS (há alguns anos atrás)

Purêzinho de batata com carne moída, me lembra infância, faço sempre.

Strogonoff com arroz e batata frita...bom demais...

Sopa e um bom vinho...perfeito nesse friozinho. Essa sopa em especial, é de cebola.

Sanduichão de forno, aprendi com a Ana (Maria Braga) kkkkk

Almondegas com macarrão...adoro massas.

Um delicioso café da manhã...amoooooo

Morango e chocolate, tem combinação melhor? Principalmente na TPM, kkkkk

Brownie...bolo molhadinho de chocolate...hummmmm
Então é isso...comidinhas deliciosas...com gostinho de amor!
E pra vocês, qual é a Comfort Food preferida?

Bjo grande, até a próxima.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Moda - Coletes de Pele (fake)

Olá,

Bom dia pessoas!
Hoje vou falar um pouquinho de moda, HAHAHA...até parece...não sou especialista, não sou tão vaidosa, nem tão interessada em me "emperiquitar"...sou mais do mesmo, básico do básico, o mais prática possível, na hora de me vestir, mas vou falar de moda, do meu jeito.
Fiz uma viagem pra São Bento do Sul, na casa dos meus pais no final de semana (Dia das Mães) e aproveitei pra ir junto com a minha mãe, fazer umas comprinhas...afinal, qual mulher resiste a um dia de compras. Fomos até Itaiópolis, uma cidadezinha bem simples, mas que tem a fama das lojas "baratas", malharias, lojas de calçados e tudo mais.
Fomos em duas lojas, que vendem "de tudo"...cama, mesa, banho, calçados, uma infinidade de coisas.
Malharia Cruzeiro e Dois Irmãos. Adorei tudo!
Mas...o meu preferido do dia, foi o tal do colete de pele, fake, é claro.
Comprei, paguei pouco, mas faltava saber usar...
Então andei pesquisando, e descobri que ele pode tornar meu look básico, de todos os dias, em algo mais glamouroso...kkkkkkkkkkkkkkk...ai ai...to me achando!
Usar pele, está associado ao poder, pois antigamente, as peles eram feitas, exclusivamente com peles de animais, e eram caríssimas, sendo assim, somente a alta sociedade usava.
Agora, com peles artificiais, ficou mais fácil, montar um look cheio de estilo. 
Dá pra usar com jeans e camiseta, short e blusa básica, vestidos, é só usar a imaginação e o bom senso, é claro.
Inspiração para vocês:
Camila Coelho - Blog Super Vaidosa

Foto Internet

Foto Internet

Foto Internet
Minha mãe e eu...
Espero que tenham gostado.
Um excelente dia pra vocês.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Doenças Psicossomáticas.


Olá, pessoal...
Andei pesquisando sobre doenças psicossomáticas esses dias...e acabei descobrindo bastante coisa, mas vou tentar resumir ao máximo.
Fui até uma médica no inicio desse ano, fiz alguns exames, porque estava perdendo bastante cabelo, sentindo bastente dor de cabeça e isso me deixou um pouco preocupada...
Os meus exames tiveram todos os resultados normais, então a médica me falou que o que eu sentia, era em função do estresse, que estava em nível "master".
Enxaqueca, queda de cabelo, gastrite, até depressão...tive que mudar alimentação, mudar carga horária do meu trabalho, e mais alguns hábitos, que poderiam contribuir no aumento dos sintomas.
Com o tempo fui me sentindo melhor, hoje me sinto apenas cansada fisicamente, mas o restante do que me fazia mal...já passou.
Então agora, vou compartihar com vocês, um pouco do que aprendi, durante a pesquisa.

Sentir-se triste e magoada de vez em quando é normal. Todos passam por momentos difíceis durante a vida. Porém, a tristeza e a depressão constantes podem trazer sintomas piores, como dores de cabeça, úlcera e até mesmo problemas de coluna. Essas dores físicas desencadeadas por distúrbios emocionais são chamadas psicossomáticas e têm tratamento. 
Doenças mais conhecidas
Doenças respiratórias e cardíacas, consideradas graves, podem surgir a partir de problemas emocionais. Gastrite, úlcera, problemas de coluna, dores em geral (costas, cabeça, dores crônicas), problemas respiratórios, cardíacos, estresse e depressão podem ter ligação direta com fatores emocionais. 
Como lidar com situações difíceis
Passar por traumas e se deparar com problemas inesperados podem interferir no convívio com a família, amigos e prejudicar o desempenho no trabalho. É importante fazer terapia para elaborar os problemas, os traumas e poder libertar-se para seguir em frente. Todos nós vivemos momentos difíceis. O que importa não é o problema em si, mas a maneira como o encaramos e o que decidimos fazer com nossa vida a partir daí.
Estresse: inimigo da modernidade
Hoje em dia é mais comum sofrer de estresse: pressão na família, no trabalho, no trânsito… Mas nada de desespero! O importante é buscar a paz interior. Fazer exercícios, encontrar um momento para relaxar e fazer outras coisas que não estejam ligadas ao trabalho ou àquilo que está causando o estresse é essencial. Meditação, dança, ouvir música, sair com amigos, namorar, fazer outras atividades, melhorar a alimentação e procurar ajuda psicológica para encontrar uma saída mais saudável para os problemas que estão causando o estresse. Uma mudança no estilo de vida provavelmente será necessária, e para isso uma terapia será de grande ajuda.
Cuidados redobrados
Quando passamos por situações de tensão, nosso cérebro limita nossas ações. A parte pensante fica limitada e agir por impulso é mais comum, já que agimos sem pensar para nos livrarmos da sensação de perigo. A mágoa consome muita energia, pois cada vez que relembramos o acontecido, os mesmos sentimentos são desencadeados. O cérebro não sabe distinguir se aquela traição, agressão ou trauma aconteceu agora ou há muito tempo. Buscar ajuda para entender e se livrar dos pensamentos negativos é o primeiro passo para a recuperação.

Então é isso gente, espero que tenham gostado.

Bjos...um ótimo dia.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Aiii como eu amo o frio!!!

Oiiii genteee!!!!
O frio tá chegando de mansinho aqui na minha cidade, e isso é motivo de alegria! Iupiiii!!!!
Poder andar enrolada nos cachecóis, blusas de lã, jaquetas por cima, botas, enfim...as roupas ficam até mais gostosas pra usar.
Aqui faz sempre muito calor, e isso acaba irritando, porque ninguém merece, ficar suado até na sombra, ter que tomar banhos e mais banhos e mesmo assim ficar suado, perder a fome e só ter vontade tomar água gelada.
É lógico que também tem suas vantagens...parece que a cerveja fica ainda mais gostosa, kkkkk...as piscinas são o ponto de encontro de amigos e familia...mas mesmo assim, o frio continua sendo o vitorioso, no meu ponto de vista.
Frio é mantinha no sofá, cappuccino no shopping, sopa de legumes, pinhão cozido, pra mim...frio, é comer sem culpa, é chocolate quente no meio da tarde, chimarrão o dia inteiro...frio é polenta com queijo derretendo...e pra mim, que não gosto de assistir filme, pode até ser filme com pipoca.
Tem o lado ruim também né...vestir a roupa gelada demanhã, lavar o rosto na água gelada, entrar no banho...e depois que já esquentou, ter que sair dele. 
Mas o lado bom é bem maior...sou fã do frio!
E vocês, também gostam do frio?

Beijo geladinho pra vocês.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Homenagens...

Olá pessoal...
Essa semana, é a semana dos meus pais, digamos assim...hoje, é aniversário do meu pai, e domingo, é dia das mães.
Já que estou longe, eles moram em Santa Catarina, e eu aqui em Toledo/PR...resolvi escrever um pouquinho pra eles, pra demonstrar o que eu sinto e aliviar um pouco da saudade que sinto diariamente.
Vou começar falando do meu pai, já que o aniversariante do dia...

Airton Ferreira, meu pai lindo...
Me ensinou tanta coisa já, inclusive, a ser Corinthiana, kkkkkkk...pois foi ele que levou o uniforme do Corinthians na maternidade, pra ser a roupinha pra eu sair do hospital.
Me acho bem parecida com ele na parte de ser bem humorada, de ser paciente...ou pelo menos demonstrar paciência, e por dentro, estar arrebentando.
Adora pescar, e eu também. Adora natureza, adora futebol, comida caseira...temos os gostos bem parecidos.
Pai herói...uma vez pulou de uma janela, não sei como, pra desligar a chave da energia, porque eu estava no banheiro e o chuveiro pegou fogo, kkkkkkkkkkk...depois a gente riu muito.
Pai professor...me ensinou a escrever, desenhar, fazer contas.
Pai amigo...sempre ia comigo as festinhas da escola, me levava no curso de inglês, ao curso de dança...quando eu estava com o pé engessado.
Claro, como toda relação, também temos as nossas diferenças, mas são tão pequenas, irrelevantes...que quando estamos juntos, procuramos nos divertir, sempre. Inclusive, na última viagem que fiz até a casa deles, fomos pescar, num dia muito nublado...e rimos como nunca.
Meu pai, é exemplo, de honestidade, caráter, bom senso, inteligência, humildade, competência, um pai sem igual...nunca precisou me bater, para me educar, conversando a gente sempre se entendeu. 
Meu pai é tudo de bom!!!!

Agora, apresento a vocês, minha mãe:
Inês, minha mãe gata...
Guerreira, esforçada, determinada, carinhosa, cheia de amor pra dar, encanta a todos pelo carisma, pela risada espontânea, pela forma como lida com o sentimento dos outros.
Cheia de energia, faz mil coisas ao mesmo tempo...cheia de estilo...cheia de atitude...minha mãe, é extremamente versátil, e as vezes nem se dá conta disso.
Mãe de coração gigante, absorve um pouco de cada um que passa por ela...
Mãe rainha, mãe menina, mãe que ri muito...e chora também. Minha mãe ousada, Mãe com M maiúsculo.
Me ensina todos os dias, como ser uma pessoa melhor...como não guardar mágoa, nem raiva, nem rancor...usar o coração como abrigo de sentimentos bons.
Minha mãe, minha gatinha assanhada, como canto pra ela, kkkkk...não tem nada melhor do que ouvir suas gargalhadas...esse é o melhor antídoto contra as energias ruins e o melhor remédio para doenças da alma.
Espero ter vocês bem pertinho de mim...e que não demore...
Amo vocês, meus tesouros, meu bem mais precioso.
Tudo que aprendi e aprendo com vocês, vai ser pra sempre.
E o nosso amor, é tudo...é incondional.

Beijos...



segunda-feira, 6 de maio de 2013

Bem verdade...

Ótima semana pra todos nós.

Cara nova...



É gente...a "Cozinha da Regi" deu lugar a um novo blog...

Da forma que eu sei, é para falar de coisas que acontecem no dia a dia, uma opinião sobre algum assunto, uma informação, um papo de "mulherzinha" de vez em quando, como moda, cabelos, maquiagem, esmaltes...quero falar de trabalho, decoração, quem sabe falar um pouco sobre carros, qua também gosto muito, uma receitinha, viagens...enfim, quero escrever sobre tudo.
O blog Cozinha da Regi, foi bom enquanto durou...eu adorava cozinhar e postar as receitas, e tudo mais...só que com o tempo e com o meu trabalho, fui deixando de me dedicar, e fazer as coisas por obrigação, não rola...sendo assim, decidi por dar outro formato ao blog.
Espero que gostem...

Beijos.