segunda-feira, 4 de abril de 2011

Chatisse ou organização???



Oii pessoas!
Hoje vamos falar de um assunto que para algumas pessoas pode parecer chato.
Eu, não me considero modelo de disciplina e ordem, mas procuro ser bastante organizada em todos os aspectos da minha vida.
E por ser assim tão organizada (e ter a sorte de ter um marido que também adora organização) resolvi criar uma maneira de organizar as nossas refeições.
Mas a primeira impressão foi:
Que isso? O gostoso mesmo é improvisar, é pegar o que tem dentro da geladeira, dos armários, um temperinho aqui e outro ali, e fazer uma refeição descente.“
A idéia de fazer um cardápio semanal vem do tempo em que trabalhava ainda em Santa Catarina, e na empresa a nutricionista fazia um cardápio tão bem organizado, que dava vontade ter em casa também.
A princípio fiz um rascunho na folha de papel mesmo. Uma tabela que eu pudesse organizar todas as refeições do dia, incluindo café da manhã e lanchinho da tarde, maaasss...preferi deixar apenas almoço e jantar, normalmente demanhã, a gente come o que tem vontade ou então são sempre as mesmas coisas, não tem muita modificação: pão, café com leite, as vezes um bolo ou bolachinhas, enfim...
E lanchinhos da tarde, também não achei necessário especificar.
O importante mesmo, é ter idéias para almoço e jantar, sem ter que chegar em casa, por exemplo, depois de um dia cansativo de trabalho, e ainda ficar pensando o que fazer para o jantar.
Tem dias que simplesmente todas as combinações possíveis, somem da minha cabeça. E olha, eu adoro cozinhar, mas nem por isso, tenho um arquivo mental de todas as refeições que posso inventar.
Pontos positivos do cardápio:

- Evita que você coma bobagens entre as refeições e faz com que você equilibre melhor o que come.  

- Evita que você repita muito as receitas. Tipo, você se programa para fazer uma massa na sexta, você não vai fazer algo semelhante no fim de semana. (a não ser que seu repertório e habilidade na cozinha sejam restritos e se resuma a macarrão com molho branco, vermelho, verde e por ai vai..., mas isso é outro problema).

- Programação das compras. O tempo que se gasta nos supermercados é complicado. Tem que ver data de validade, rótulo de calorias, se é light ou diet, blá blá blá. Sem falar daquela sensação de andar em círculos e sempre parecer que está faltando alguma coisa no carrinho. Se você souber o que vai comer durante a semana, vai saber o que tem que comprar.

No início, vocês podem até achar que estão perdendo tempo enquanto estão queimando os neurônios para preencher a tabela. Mas depois, eu garanto que esse tempo aparentemente perdido vai te poupar muitas horas durante a semana. E viva o tempo livre!
Faça as unhas, hidrate o cabelo, dê um passeio, leia um bom livro, enfim...é só fazer o que tem vontade!
Esse é o modelo que uso em casa!


Vocês podem copiar esse modelo de cardápio ou então criar um baseado nas necessidades da família.
Depois, me contem o que acharam da idéia.

3 comentários:

  1. A idéia é realmente muito interessante, mas atualmente nem tenho como aplica-la... ja que mal e mal jantamos em casa... e isso depois de suar muuuito na academiaaaa...

    ResponderExcluir
  2. Realmente, a ideia eh boa, mas requer um certo tempo pra pensar nas receitas que vao ser feitas durante a semana.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, pena que quase não dá pra ler!! :(

    ResponderExcluir