terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Conversa na Cozinha...

Ola pessoas!
Definitivamente, o tempo tá passando rápido demais!
Mal começou o ano e já estamos em fevereiro.
Tô sentindo falta de passar mais tempo na cozinha, inventando receitas novas, ou refazendo as "velhas"...
Tô sentindo falta de fazer os meus artesanatos...
Falta de tomar café com as amigas, e jogar conversa fora...
Falta do almoço com a família no domingo, e passar a tarde dando risada e comendo as sobremesas.
Enfim, falta de algumas coisas que são essencias pra nossa vida.
Nessa correria toda, quem é que ainda tem tempo de acordar demanhã, tomar aquele café caprichado? 
Admirar o nascer ou o pôr-do-sol? Sentir o cheiro das flores, cheiro de mato, ou aquele cheiro de sítio (eu pelo menos, adoro)...
Hoje em dia, já não se cultivam mais aqueles velhos costumes de ir na casa da vizinha emprestar uma xícara de açucar, ficar la conversando, tomando um chá (ou no caso de quem mora no Sul do Brasil, tomar um chimarrão)...
Sair no final da tarde, dar uma volta, sentar na beira de um lago...de que jeito, depois de um dia cansativo de trabalho???
As coisas que antigamente, eram "surpreendentes" hoje em dia, se tornaram normais, chegam até ser automáticas. Acordar, lavar o rosto, escovar os dentes, tomar banho, tomar café, trabalhar, almoçar...e por ai vai. O dia passa, e quando chega o fim do dia, nem lembramos mais do que foi feito ou deixamos de fazer.
Todo mundo reclama que o dia deveria ter mais de 24 horas. Pra que?
Para arrumar mais trabalho, continuar "sem tempo" e continuar reclamando...
No meu dia-a-dia, mesmo sentindo falta de algumas coisas (como escrevi anteriormente) tento o máximo possível arrumar tempo para tudo e principalmente pra mim.
E principalmente, vivendo aqui, em outro país totalmente diferente do Brasil e longe das pessoas que mais amo...fica complicado. Portanto o jeito é ser feliz de qualquer maneira. Fazer de cada momento, um momento gostoso.
Continuo a sentir o sabor da comida e sinto prazer quando faço uma refeição. Adoro sentir o cheirinho de café passado na hora, cheiro de pão saindo do forno, cheiro de creme passado na pele...
Procuro sempre dar valor para as coisas mais simples, pois são essas "coisinhas" que me fazem ainda mais feliz.
Agora algumas fotos, de alguns momentos da minha vida, e todos eles, cheios de felicidade:
Casamento 14/06/10

Casamento 14/06/10

Inverno 2011

Férias no Brasil - 2009



Casamento Daiane - 2010 (Eu e Clau)

Meu niver em 2010 - Feijoada na Clau

Nascimento da minha 1° sobrinha, em Agosto/10
Bjo do meu primo lindo que eu amooooo.

Passeio com a mulherada em 2009.


Tenho muitas fotos, com muita gente, todas fazendo parte de um momento feliz da minha vida.
Mas também tem momentos, que ficam na memória e no coração, sem precisar de fotos...como exemplo:
a companhia dos meus pais, comer a comida da minha mãe, ir pescar com meu pai, visitar os tios, primos, a comilança com o Maikon (meee...a gente saia rolando dos restaurantes e dos cafés), a 1° viagem de avião, o 1° encontro com meu marido no aeroporto...entre tantos outros momentos, que ficam pra sempre na lembrança.


Falando em felicidade...
Achei um texto que recebi de uma amiga de muitos anos...Gilmara Budaz.
Fazem 10 anos que nos conhecemos...e hoje, mesmo distante, ela continua morando no meu coração.
Felicidade também é isso, ter amigos, de quem possamos lembrar por toda a vida, com aquela sensação gostosa, suspirando de saudade e de alegria.
Se for contabilizar, não tenho muitos amigos, mas posso dizer, com absoluta certeza, que tenho os melhores!

Bjinhos, e até a próxima conversa.

CONCEITO DE FELICIDADE.
Se tudo na vida é relativo,


Relativa também é a idéia
que cada um faz da felicidade.

Para uns, felicidade é...
Dinheiro no bolso,
Cerveja na geladeira,
Roupa nova no armário.

Para outros a felicidade...
Representa o sucesso,
A carreira brilhante,
O simples fato de se achar importante,
(ainda que na verdade as coisas não sejam bem assim).

Para outros tantos,
Ser feliz é conhecer o mundo,
Ter um conhecimento profundo
das coisas da Terra e do ar.

Mas para mim, ser feliz é diferente...
Ser feliz é ser gente,
É ter vida,
que como dizia o poeta:
" É bonita, é bonita, é bonita..."

Felicidade é a família reunida,
É viver sem chegada, sem partida
É sonhar, é chorar, é sorrir...
Felicidade é viver cercado de amor,
É plantar amizade, é o calor
do abraço daquele amigo,
que mesmo distante,
Lembrou de dizer: "Alô!"

Ser feliz é acordar às cinco da matina,
Depois de ter ido dormir às três da madrugada,
Com sono e pra lá de cansado,
Só pra dar uma pontinha
da cama, para o filho dormir.

Ser feliz é ver todo dia
um sorriso de criança,
É música, é a dança,
É a paz,
É o prazer de descobrir a cada dia
que a vida se inicia,
novamente, a cada amanhecer.


Ser feliz é ter violetas na janela,
É chá de maçã com canela,
É pipoca na panela,
E um CD cheio de emoção
para esquentar o coração.

Ser feliz é curtir o sol radiante,
O frio aconchegante,
A chuvinha ou o temporal.
Ser feliz é enxergar o outro
(e sabe lá quantos outros,
que cruzam nossa estrada).

Ser feliz é fazer da vida,
Uma grande aventura,
A maior loucura,
Um enorme prazer.
Ser feliz é ser amigo,
Mas antes de tudo é ter amigos,
Exatamente assim, como você!


(Autor desconhecido)

2 comentários:

  1. Nossa .... meu coração não aguenta tanta emoção, saber que de tão longe existe uma pessoa maravilhosa que tem lembranças boas a nosso respeito, que ainda guarda um texto de quase 10 anos ... isso é um presente de Deus ... Te amo muito amiga e com certeza você sempre será lembrada por mim e pela minha família...beijos em seu coração ... Gil

    ResponderExcluir
  2. Gil, minha amada, lembro sempre de vc.
    Tenho um carinho enorme por vc e sua familia linda!
    E nao guardo so 1 texto...guardo todos que vc me deu, ate aquele desenho de ursinho (que vc fez, dizendo que era fofinho, igual eu)...
    Fim de ano, quero ir ate sua casa, matar a saudade.
    Bjinhos.

    ResponderExcluir