sábado, 1 de janeiro de 2011

Começa tudo outra vez...


Oi pessoal!
Hoje, sabadão...dia 1/1/11...não poderia deixar de escrever o 1° post do ano.
E nesse post, gostaria de falar um pouco sobre as comilanças de fim de ano...aff, parece que comemos como se o mundo fosse acabar, e é apenas um ano que está acabando...rsrsrs
Como qualquer mortal, também cometo o pecado da gula, e o pior, é que faço isso durante o ano todo, pra que esperar o natal e ano novo? rsrsr...
Quem me conhece sabe que sou comilona, mas eu como com tanto prazer...eu sou tão feliz diante de um prato de comida...nossa, não tem explicação!
Adoro sentir o sabor da comida, a essência dos ingredientes. E quando como algo que não conheço, fico tentando adivinhar o que foi usado na preparação da receita. Até hoje não consegui definir um prato preferido, uma receita que eu gostasse mais, porque, eu gosto de tudo.
Bom, mas o problema é que depois de tanta comilança (especialmente das festas de Natal e Ano Novo), vai bem um chazinho para ajudar a digestão. O hábito de tomar chá é milenar e tem propriedades terapêuticas e antioxidantes, mas para quem ainda não tem este hábito é importante que se tome alguns cuidados. Em primeiro lugar, o ideal é usar sempre chás de infusão (erva seca ou fresca levada em água fervente e depois coada). Os “saquinhos” industrializados têm altos índices de contaminação por outras folhas, fungos e químicos.

É importante também aprender a tomar chá sem adoçar (com açúcar, mel ou adoçante). Os chineses tomam chá há mais de 4 mil anos. Assim, é possível sentir o sabor das ervas por completo. É uma questão de hábito, comece! Nunca coloque os chás quentes ou mornos em embalagens ou copos plásticos. As substâncias plásticas migram para os chás e estas são cancerígenas. Prefira tomar os chás nos intervalos das principais refeições, pois eles podem interferir na absorção de alguns nutrientes.
Os chás digestivos podem ser usados próximo ao almoço e ao jantar em indivíduos que possuem problemas digestivos e não possuem déficits ou tendência de perdas de nutrientes no organismo. Deixo alguns exemplos de chás digestivos (que melhoram a digestão) e carminativos (que diminuem os gases intestinais e estomacais): hortelã, camomila, sálvia, alecrim, anis-estrelado, espinheira-santa, dente-de-leão, erva-doce, alfavaca, angélica, coentro, poejo, cravo-da-índia, cominho, cardamomo, menta, gengibre e alho (bulbo).
Aproveitem a dica, e experimentem vários tipos de chás.
Bjinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário